segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Preparativos para o trabalho de 2011

Nos dias 03 e 04 de fevereiro voltamos nossas discussões para o planejamento das ações para o ano de 2011.

Que sementes desejamos plantar este ano?

O que sabemos realmente é que estar com
crianças é trabalhar menos com certezas e mais
com incertezas e inovações (…) Desejamos
estudar se a aprendizagem possui o seu próprio
fluxo, tempo e lugar; como a aprendizagem
pode ser preparada, que habilidades e esquemas
cognitivos vale a pena apoiar, como oferecer
palavras, gráficos, pensamento lógico,
linguagem simbólica, fantasia, narrativa e
argumentação.
 (Loris Malaguzzi)

Iniciamos com a reflexão sobre os trabalhos do ano passado e percebemos grandes avanços na qualidade do nosso atendimento às crianças e suas famílias. Elencamos os pontos em que ainda precisamos melhorar, colocando como meta sua solução.
Na sexta feira (04) fizemos uma formação sobre nossa linha de trabalho observando a flexibilidade dos trabalhos com projetos, cujo objetivo principal é propiciar ferramentas para que as crianças busquem soluções para problemas reais, onde as áreas de conhecimento possam ser exploradas de acordo com as necessidades da resolução destes problemas e não de forma “engessada” como uma lista de eixos com prazos definidos a serem trabalhados.
Juntamente com os projetos de trabalho, as atividades permanentes (acesso das crianças com portadores de textos diversos, rodas de conversas com assuntos de diferentes interesses, trabalhos com os crachás, jogos, brincadeiras, músicas etc.) se farão presentes na rotina e as professoras organizarão sua periodicidade de acordo com as necessidades da turma.
O projeto “Corpo em Movimento” (antes aula de Educação Física) também foi discutido, reorganizado e planejado para o ano. Estipulamos um momento em todas as reuniões pedagógicas futuras para uma avaliação periódica sobre as ações do projeto, observando que se trata de um trabalho em equipe e que ainda está em processo de construção.
O tema Educação Ambiental também é novo no âmbito da Educação Infantil e por isso buscamos toda formação e informação que nos capacite a desenvolver com as crianças atividades significativas no sentido de sua sensibilização para a vida ao seu entorno. Por isso a arte sempre norteou nosso trabalho e este ano a arte tridimensional mais especificamente será explorada no sentido de conectar as crianças com a materialidade do nosso planeta. Seguindo nossos próprios conceitos e observando as diretrizes e plano de atividades do Plano de Educação Ambiental – Projeto Viva Cidade, inserimos em nosso PPP a metodologia que construímos sobre o trabalho de educação ambiental voltado a crianças da pré escola.
Falando em PPP, reformulamos nossa proposta curricular no sentido de construir um trabalho metodológico voltado a planejamentos que formulam objetivos flexíveis e adaptados às necessidades e interesses das crianças e não a uma lista fechada de conteúdos programáticos estanques. Neste sentido o currículo contempla múltiplos conteúdos que vão surgindo pelas perguntas, hipóteses e das experiências anteriores das crianças. “Este tipo de planejamento é chamado de CURRÍCULO EMERGENTE. (Edwards, 1999:113)
Estudamos o trabalho com projetos inserindo-os dentro da linha de desenvolvimento de Vygostky onde partindo do nível de desenvolvimento real (conhecimento prévio) podemos vislumbrar o nível de desenvolvimento potencial (produto final) do grupo de crianças e articular todas as linguagens e mediações (zona de desenvolvimento proximal) necessárias para que as crianças superem gradativamente todas as etapas adquirindo competências e habilidades a fim de conseguirem alcançar o produto final (problema real).  Lembrando que cada seqüência de atividades também é uma linha de desenvolvimento a ser seguida, não de forma linear mas com a tranqüilidade de se necessário for, avançar, voltar e modificar tantas vezes quanto for preciso para que as crianças aprendam e consigam resolver os pequenos problemas surgidos no projeto. 
Desse modo para este ano cada turma desenvolverá seu projeto de trabalho atuando no contexto de exploração e investigação dos projetos institucionais: “Chá com arte” (Prêmio Embraco Ecologia) e Mini camping agroecológico (Patrocínio Fundema), onde o eixo norteador será a arte escultórica e o tema transversal será meio ambiente. Em dois momentos distintos (semestrais) celebraremos os produtos finais alcançados com exposição de trabalhos no primeiro semestre e semana da gastronomia criativa ao final do segundo semestre. Também para culminar o ano, em parceria com o grupo de acadêmicos do curso de farmácia da Univille, desenvolveremos com as famílias uma oficina de fabricação artesanal de velas e sabonetes com as ervas aromáticas plantadas no CEI.
 Esperando colher somente bons frutos desta plantação, desejamos um maravilhoso 2011 a toda comunidade Raio de Sol I.

Prof. Rosane Mari dos Reis
Coordenadora Pedagógica